sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Para os LAGARTOS mais MORALISTAS e esquecidos

Via Record


O presidente do Olhanense negou, após o jogo com o Sporting, que Nuno Reis tenha ficado de fora devido a um «acordo de cavalheiros» entre os clubes, uma vez que o defesa está emprestado pelos «leões». Terá sido opção técnica de Manuel Cajuda, garantiu Isidoro Sousa. «Isso foi muito especulado, mas deveu-se a opção técnica e terão que perguntar ao Manuel Cajuda», respondeu o dirigente. Via Mais Futebol


Já agora a minha opinião é muito simples jogador emprestado não joga contra a equipa que o emprestou ponto.


Depois o Benfica devia ter vindo a publico dizer que por parte do Benfica não havia qualquer impedimento.

Por ultimo, como jogaram o Belenenses podia lá ter o Cristiano Ronaldo que saiam de lá derrotados.


Ps: Claro que pagar a um fiscal de linha a verdade desportiva é muito mais defendida.

7 comentários:

  1. Folgo em saber que foi preciso recuar 14 anos para encontrar um caso em que o Sporting não tenha procedido bem. Sem me lembrar de algum caso em concreto, pensava que talvez houvesse outros mais recentes. Não é bonito, de facto, mas na altura não era ilegal - a lei que proíbe que os clubes impeçam os jogadores emprestados contra si só entrou em vigor em 2005. Desde então quer Benfica quer Porto (ainda há alguma diferença?) já a quebraram inúmeras vezes... quanto ao Sporting: Wilson Eduardo, Cédric, Adrien, João Mário, André Santos, Nii Plange são alguns dos exemplos que mostra que o nosso clube tem uma postura bem mais honrada - mesmo que isso nos tenha custado alguns pontos (e quem sabe até uma Taça de Portugal) no passado.

    P.S.: Terão moral para falar de Paulo Pereira Cristóvão quando correrem com os vossos dirigentes do clube. Mesmo não se tratando de corrupção (mas sim tentativa de incriminação), não há sportinguista que não sinta repugnância pelo que ele fez. Um mês depois já não estava no clube. E não precisamos de nos defender apontando os podres dos outros. Assumimos a vergonha que foi ter o nome do nosso clube associado a isso. Pena que vocês não façam o mesmo com a nojeira em que a vossa direção envolveu o vosso clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contra o Benfica SEMPRE jogaram os jogadores emprestados SEMPRE. Aqui não percebo porque não o fizeram e o dirigente do Belenenses veio dizer que a opção foi dele e mais ninguém.

      Sou completamente contra isto e por isso se leste tudo viste bem a minha posição e qual a postura que a direcção do Benfica devia ter tomado.

      Apenas acho piada andarem agora com essa bandeira de moralista que no últimos 30 anos não a tinham...

      Tenho realmente pena da postura do direcção do Benfica neste momento o que me fez escrever menos aqui, mas virem agora vocês como sendo os moralista isso dá-me vontade de rir....

      Mais uma vez no meio disto tudo quem ganha é apenas um, o Pinto, e mais uma vez os dois clubes de Lisboa são burros em não se juntarem e isso deixa-me mesmo frustrado e desiludido.

      Mas pronto para chegar-mos a vocês ainda podemos estar mais 30 anos....

      Eliminar
    2. E já agora o Nuno Reis foi em 13 de Janeiro de 2013....

      Eliminar
  2. O "caso" do Nuno Reis deixa de o ser quando te deres ao trabalho de ver a utilização do jogador ao longo dessa época.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não interessa se jogou muito ou pouco.O que interessa é que foi proibido de jogar. Mas de "moralistas" estamos conversados. É como a mentira repetida de que o SLB tem acordo como fcp para destruir o scp. Mas foi João Rocha quem denunciou o acordo efectuado entre Roquete e PC para destruir o SLB e dividir Portugal pelos dois.Os "moralistas" fazem e depois acusam os outros. Além do mais o SLB não proibiu O CFB de utilizar os jogadores.Informem-se para Não dizerem asneiras.

      Eliminar
  3. Sabe meu caro existe uma diferença bem grande entre os 2 casos...é que esse jogador era emprestado(não que concorde) e estes SÃO atletas do Belenenses

    ResponderEliminar