sexta-feira, 17 de maio de 2013

Não há uma entidade que rege a ética jornalistica?

Eu acredito que não, pois vejamos, se essa entidade realmente existisse o que faria em relação a esta noticia:
CMVM 
Benfica obrigado a informar mercado sobre futuro de Jesus
Margarida Vaqueiro Lopes 
Diz o titulo que o Benfica é obrigado a informar a CMVM sobre o seu futuro, carregamos então na noticia  e começamos a ler, quando de repente lemos isto:
Contactada pelo Económico, o regulador da bolsa, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), adiantou que não pediu esclarecimentos à Benfica SAD por considerar que "não se encontram ainda reunidas as condições legalmente previstas que obriguem a SAD a prestar esclarecimentos ao mercado", notando que "o que tem sido referido pela imprensa é que existe um quase acordo mas que a situação não está encerrada".
Portanto, foi criada uma noticia que não existe e apenas a fizeram para criar sensação e instabilidade.

Por isso acredito mesmo que essa entidade reguladora não existe.

É triste existirem jornalista assim.

2 comentários:

  1. Já não é de estranhar. Chama-se "jornaleiro de tasca". É só profissionalismo.

    ResponderEliminar